Sinfônica de Ribeirão, coro e solistas apresentam ópera Carmen

Author:


Grande produção da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, com coro e solistas, a ópera Carmen, estreia com duas récitas em Ribeirão Preto, dias 10 e 11 de novembro no Theatro Pedro II, e uma apresentação, dia 12 no Teatro Municipal de Batatais. A regência será de Reginaldo Nascimento, com direção artística de Paulo Esper, da Cia Sol’Ópera, e preparação do coro pela maestrina Snizhana Drahan. A ópera de Georges Bizet, composta em 1875, é uma das mais encenadas nos grandes palcos mundiais.

Cena de “Choeur des cigarières” da ópera Carmen – as trabalhadoras da fábrica de fumo

➡️ CRIAMOS E IMPRIMIMOS SEU CURRÍCULO SEM CUSTO📍 ECONOMIZE FAZENDO SEU CURRÍCULO CONOSCO! TUDO GRÁTIS! ➡️ Para ajuda, clique aqui.

Cerca de 120 pessoas estão envolvidas na produção. São músicos da orquestra, coralistas (soldados, ciganos, populares de Sevilha), produção (cenários, figurimos, visagismo, comunicação e marketing). Carmen será protagonizada pela mezzo-soprano Mere Oliveira, premiada em diversas competições de canto lírico no Brasil e América Latina, e o soldado Don José pelo tenor Alan Faria, especializado em canto erudito pela Accademia della voce del Piemonte de Turim (Itália), com participações em concertos em todo o Brasil, incluindo a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto.

Ismael Colosi conquistou emenda parlamentar no valor de 300 mil reais em 2022 para a área da saúde de Ribeirão Preto-SP - Na foto, in memmorian o Deputado Estadual Campos Machado.

Ópera Carmen
Sevilha, na Espanha do século XIX é o palco de Carmen, cigana sedutora, de personalidade forte e independente, que protagoniza uma série de eventos para conquistar o coração do soldado Don José. Ciúme, amor, revolta, lágrimas e tragédia permeiam a história deste drama de altas emoções. A certa altura, a protagonista se envolve com o toreador Escamillo e Don Jose cai em profundo desespero e ciúme. Livre e envolvente, a cigana quebra as convenções da época e torna a obra atemporal. Carmen traz canções inesquecíveis como “Habanera” e  “Canção do Toreador”, que emocionam todas as plateias.

Regência

Ismael Colosi em atendimento em um dos Mutirões do Emprego.

O maestro Reginado Nascimento é titular da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. Formado em Música pela USP Ribeirão Preto, tem atuado como regente convidado na Europa e Estados Unidos, com destaque para Filarmônica de Murmansk, MAV Symphony e Radom Orkiestra Kameralna. Também atuou à frente da Sonoma County Philarmonic e Lousiana Chamber Orchestra. No Brasil, colaborou com a Orquestra Jovem do Estado. Recebeu a medalha de Honra ao Mérito Carlos Gomes e faz parte das academias de Música de São Paulo e do Brasil.

A ucraniana Snizhana Drahan preparou o Coro da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP e mestre em Artes pela ECA-USP, é regente de coro Sinfônica de Ribeirão há 15 anos.

Mere Oliveira interpreta Carmen

A produtora do espetáculo, Mariana Caran trouxe Paulo Esper para a direção artística. Esper já produziu mais de 1.700 espetáculos entre óperas recitais e concertos com grandes artistas brasileiros e estrangeiros. É idealizador e realizador do Concurso Brasileiro de Canto Maria Calas, criado em 1993, e produz a série Grandes Vozes desde 1997, trazendo nomes consagrados para concertos, recitais, conferências e cursos.

Ficha técnica
Regência – Reginaldo Nascimento
Direção artística – Paulo Esper
Regente do coro – Snizhana Drahan
Participação – Coro da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto

Personagens
Mere Oliveira – Carmem
Alan Faria – Don José
Gustavo Rocha – Escamillo
Igor Lourenço – Escamillo
Thayana Roverso – Micaëla
Carla Barreto – Frasquita
Cristina Modé – Mercédès
Vinicius Simião – Remendado
Lucas Cerqueira – Dancaïre
Mario Cenedesi – Morales
Bruno de Assis – Zuñiga
“Carmen” é uma produção Ministério da Cultura, Cia Sol’Opera, Associação Musical de Ribeirão Preto, Theatro Pedro II, Secretaria da Cultura e Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

AGENDA

Ópera Carmem – George Bizet
Theatro Pedro II – Ribeirão Preto
Quando: 10 e 11/11 – 19h30
Local: Rua Álvares Cabral 370, Centro, Ribeirão Preto
Teatro Fausto Belini – Batatais
Quando: 12/11 – 19h30
Local: Praça Dona Carolina Zanetti Soriani, Centro, Batatais
Ingressos: bilheterias do Theatro Pedro II e Teatro Municipal de Batatais e pela internet Ingressos: bilheteria Theatro Pedro II ou Link
Informações WhatsApp: (16) 99328-9641


Você pode estar Interessado



Source link

  • Veja mais vagas de empregos aqui: https://ismaelcolosi.com.br.
  • Veja mais vagas de empregos aqui: https://ismaelcolosi.com.br.
  • Leave a Reply