como se abrevia “Antes de Cristo”?

Author:


Na hora de escrever sobre um evento histórico antes de Cristo, você usa A.C, a.C, AC ou aC? Esse tipo de escrita possui regras específicas, principalmente quanto à forma correta de abreviar.

continua depois da publicidade

Esses parâmetros também podem ser utilizados para descrever outros marcadores de tempo, como depois de Cristo ou períodos específicos da Era Moderna. Entenda mais a seguir e descubra como funciona.

Qual é a forma correta de abreviar antes de Cristo?

Para começar, a forma correta de abreviar “Antes de Cristo” é “a.C.”. Essa abreviação vem do latim “ante Christum”, que significa “antes de Cristo”, sendo que o período vem sempre em minúsculo e a primeira letra do nome em letra maiúscula.

A abreviação captura os elementos essenciais da expressão completa e é amplamente reconhecida e utilizada em contextos históricos e acadêmicos para indicar os anos que precedem o nascimento de Jesus Cristo.

continua depois da publicidade

Do mesmo modo, para descrever o período depois de Cristo, deve-se utilizar “d.C.”, dessa forma.

Como são formadas as abreviações na Língua Portuguesa?

1. Manter a integridade do termo

Ao criar uma abreviação, é importante escolher letras que representem as partes mais significativas da palavra original. Isso garante que a abreviação seja facilmente reconhecível e compreensível.

Por exemplo, “Prof.” para “Professor” preserva o começo da palavra original, enquanto ainda fornece uma abreviação clara.

2. Pontuação

Na maioria dos casos, as abreviações não são seguidas por ponto final. No entanto, existem algumas exceções.

continua depois da publicidade

Por exemplo, abreviações que consistem em apenas uma letra, como “m” para “metro”, geralmente são seguidas por ponto final para indicar a abreviação. Por outro lado, “pág.” para “página” inclui um ponto final para indicar a abreviação.

 

3. Plural

Quando uma abreviação precisa ser pluralizada, geralmente se duplica a última letra seguida por um “s”. Por exemplo, “pg.” para “página” se torna “pgs.” para “páginas”.

4. Feminino e masculino

Para indicar o feminino de uma abreviação, normalmente se adiciona um “a” no final da forma masculina. Por exemplo, “Dr.” para “Doutor” se torna “Dra.” para “Doutora”.

continua depois da publicidade

Ou seja, as abreviações precisam respeitar as regras de flexão de gênero e número da palavra completa.

5. Acentuação

As abreviações devem manter qualquer acentuação que a palavra original possua. Por exemplo, “pág.” para “página” mantém o acento agudo no “a”.

Dessa forma, é possível manter a grafia e leitura corretas da palavra, mesmo que seja uma abreviação dentro da oração.

6. Normas específicas

Alguns termos têm abreviações específicas estabelecidas pela norma padrão. Por exemplo, “Sr.” para “Senhor” e “Sra.” para “Senhora” são amplamente reconhecidos e utilizados.

Nesses casos, não existem alterações e variações porque a norma culta estabelece o uso dessa forma. No geral, é mais comum com títulos e tratamentos, mas também se aplica a unidades de medida, meses do ano e dias da semana.

7. Contexto

A compreensão das abreviações pode variar dependendo do contexto em que são utilizadas.

É importante assegurar que a abreviação seja amplamente reconhecida e compreendida no contexto específico em que é utilizada, evitando possíveis ambiguidades ou confusões.

Nesse processo, a frase por si também influencia, e por isso é necessário observar como a abreviação está sendo usada dentro do discurso.



Source link

Leave a Reply