PE lança edital de processo seletivo; até R$ 5,2 mil

Author:


Através de Portaria SAD nº 1.946, o processo seletivo SAD PE torna público o objetivo de contratar 36 profissionais de nível superior para atuarem na Secretaria de Administração do Estado de Pernambuco.

continua depois da publicidade

Sob responsabilidade de Comissão Executora, a portaria determina que a seleção pública deverá ter o prazo de validade de 24 meses, podendo ser prorrogável por igual período, a contar da homologação do resultado final. Leia as próximas orientações.

Vagas do processo seletivo SAD PE

Ao todo são 36 vagas, sendo 26 imediatas e 10 para PcD. Como requisito os profissionais devem apresentar Diploma de conclusão de Graduação; Registro no Conselho de Classe e Pós-Graduação, a depender do cargo e comprovar experiência de, no mínimo um ano na área.

Os aprovados trabalharão em regime diarista com jornada de 8 horas diárias ou 40 horas semanais e receberão remunerações de R$ 3.825,00 a R$ 5.200,00 para atuarem em todo o estado de Pernambuco:

continua depois da publicidade

  • Analista Avaliador de Imóveis;
  • Analista de Patrimônio;
  • Analista de Segurança do Trabalho;
  • Arquiteto;
  • Engenheiro Calculista;
  • Engenheiro Cartógrafo;
  • Engenheiro Eletricista;
  • Engenheiro Fiscal de Obras;
  • Engenheiro Hidrossanitário;
  • Engenheiro Mecânico;
  • Engenheiro Orçamentista.

Quando será as inscrições do processo seletivo SAD PE?

Conforme transcrito na portaria, o período de inscrições será de 25 de junho a 09 de julho de 2024, onde os candidatos deverão, nada data mencionada, visitar o site da Secretaria de Administração do Estado – SAD e preencher formulário online.

Mais informações sobre como proceder com o formulário e orientações poderão ser divulgadas até a data de abertura das inscrições.

continua depois da publicidade

Etapa do processo seletivo SAD PE

O processo seletivo será realizado em etapa única de caráter eliminatória e classificatória, denominada de Avaliação Curricular. Esta etapa contará com tabela de pontuação que exige cursos de capacitação e especializações específicas, mas que abrangem as seguintes orientações:

  • Experiência comprovada no serviço público ou privado – 80 pontos;
  • Capacitação em qualquer área ou área específica – 5 pontos;
  • Especialização em qualquer área ou área específica – 5 pontos;
  • Mestrado ou doutorado – 10 pontos.

Como visto, a avaliação curricular valerá 100 pontos e obedecerá a tabela de pontuação contida no anexo IV da portaria. As comprovações de experiência podem ser vistas a partir do item 6.6.7.

Em caso de empate, serão utilizados os critérios, sucessivamente:

 

continua depois da publicidade

  • Maior pontuação de títulos;
  • Maior idade;
  • Ter sido jurado.

Orientações importantes

O candidato que se interessar em ler a portaria na íntegra, poderá encontrar o documento no Diário Oficial do Estado de Pernambuco datado de 19 de junho de 2024 a partir da página 4.

Em caso de dúvidas ou necessitar de mais informações, poderão direcioná-las ao telefone: (81) 3183-7600.



Source link

Leave a Reply