Vagas de emprego em Braga: empresa com 500 oportunidades

Autor(a):


Vagas de emprego em Braga
Vagas de emprego em Braga – Foto: Amanda Corrêa

500 vagas de emprego em Braga estão abertas em um novo hub na cidade portuguesa. Confira tudo sobre a novidade e veja como se candidatar!

A Critical TechWorks, uma empresa de tecnologia que trabalha para o BMW Group, está com 500 vagas de emprego em Braga. Além disso, a intenção da companhia, que vai abrir um hub na cidade do norte de Portugal, é que o novo espaço seja capaz de acolher até 500 trabalhadores. Por isso, se você está em busca de emprego em Portuga, aproveite para saber tudo sobre a novidade e descubra como se candidatar.


Vagas de emprego em Braga

Até 2027, ao menos 500 vagas de emprego em Braga estão abertas na Critical TechWorks. A empresa da área de tecnologia que é uma joint venture entre a Critical Software e o BMW Group. Sendo assim, pretende acabar 2023 com cerca de 2.500 funcionários em seus escritórios no Porto e em Lisboa. Contudo, com o novo hub em Braga, a companhia já está recrutando 100 profissionais. A informação foi publicada pelo portal ECO.

De acordo com Ana Serafim, responsável pelo recrutamento na Critical TechWorks, “Braga foi uma escolha que surge no seguimento do nosso posicionamento na região Norte para que a nossa equipa continue a crescer”. Ana disse ainda: “Atualmente, já temos um escritório no Porto que tem capacidade para cerca de 1.600 pessoas e esta expansão irá permitir uma maior flexibilidade para quem vive em Braga, evitando deslocações”

Além disso, a responsável pelo recrutamento na Critical TechWorks afirmou: “Por outro lado, tendo em conta o crescimento de projetos em que estamos envolvidos com o BMW Group, este novo escritório irá reforçar os nossos serviços de engenharia”.

Multinacional portuguesa com vagas na Itália: dezenas de oportunidades em Milão

Investimentos e geração de empregos em Portugal

Em setembro de 2023 a empresa se mudou para um novo escritório no Parque das Nações em Lisboa com capacidade para 1.600 pessoas. Contudo, o novo hub da empresa de tecnologia vai criar vagas de emprego em Braga e Ana Serafim disse: “Nesta fase inicial vamos abrir vagas para 100 pessoas com conhecimentos em JAVA, C++ e Data, sendo que este novo espaço tem capacidade para acolher cerca de 300 colaboradores”.

Ana afirmou ainda que: “No futuro, temos a ambição de expandir as nossas instalações, com a expectativa de alcançarmos uma equipa de 500 profissionais na cidade de Braga até 2027”. Para ela, a expansão “confirma e reforça a confiança que o BMW Group tem na engenharia de excelência da Critical TechWorks”. Por isso, o crescimento da equipe é “resultado do desenvolvimento de mais projetos e em áreas centrais da atividade da marca alemã”.

Empresa suíça está contratando: 218 vagas com salários médios de 7 mil francos

Critical TechWorks e o BMW Group

A Critical TechWorks, fundada em 2018, é uma joint venture entre a Critical Software e o BMW Group. A empresa tem como foco exclusivo desenvolver software para o BMW Group. Por isso, a companhia atua em áreas como a dos automóveis conectados, de direção autônoma e de eletrificação. Entretanto, trabalha em projetos de inteligência de dados, nuvem e segurança, ecossistemas de vendas, serviços financeiros, logística ou produção.

Aliás, atualmente está desenvolvendo aproximadamente 250 projetos em mais de 30 unidades. Os trabalhos se organizam em cinco áreas: veículo, condutor, produção, vendas e serviços financeiros e plataformas. Dessa maneira, todas as suas equipes, independentemente da sua localização geográfica, estão envolvidas nestes projetos.

Vagas em multinacional da Suíça: 180 ofertas de trabalho, salários acima dos 8 mil francos

Trabalhar em Portugal: contratação de 500 pessoas em 2024

Além das vagas de emprego em Braga para o seu novo hub, Ana Serafim disse: “O nosso objetivo é fechar 2023 com cerca de 2.500 colaboradores nos escritórios do Porto e de Lisboa, e no próximo ano, recrutar mais 500 pessoas nas três localizações – Porto, Lisboa e Braga”. Atualmente a Critical TechWorks emprega cerca de 2.400 pessoas, das quais 800 atuam na capital do país, Lisboa.

Ana disse ainda: “Para já” não existem novos hubs previstos para serem inaugurados. Por isso, a responsável pelo recrutamento na companhia diz que a empresa “tem crescido de forma sustentável desde a sua fundação e contamos atualmente com uma equipa de mais de 2.400 colaboradores em duas cidades. A nossa ambição é continuar a crescer”.

Multinacional inglesa com vagas em Portugal: 300 oportunidades abertas no país europeu

Vagas de emprego em Braga: mercado de trabalho apertado

A responsável pelo recrutamento na Critical TechWorks diz que a empresa tem “elevada taxa de retenção” do talento. Sendo assim, “cerca de 95%” que entram na companhia continuam trabalhando. Segundo Ana Serafim, “Estes resultados são o reflexo de vários fatores, entre os quais, o tipo de trabalho que desenvolvemos e o impacto que as equipas têm e veem acontecer na mobilidade do futuro, e também o facto de sermos uma empresa cada vez mais diversa e inclusiva”.

Para a profissional, “É importante que as organizações se consigam ajustar às mudanças atuais no mercado de trabalho, que se crie um sentimento de pertença em que os colaboradores sintam que são valorizados, e que se mostre que estão a ter um impacto positivo no setor, mas também na sociedade”. Ela afirma ainda que “Para além disso, é preciso analisar a perceção que o talento tem sobre determinada empresa, para se conseguir corresponder às preferências dos candidatos”.

Gigante alemã com vagas em Portugal: 200 empregos abertos

Sobre a Critical TechWorks

Segundo o portal da BMW em Portugal, a Critical TechWorks é uma joint venture entre o BMW Group e a empresa portuguesa Critical Software. Ela é uma forte aposta do BMW Group no desenvolvimento de soluções de mobilidade do futuro. Combinando o conhecimento e experiência na engenharia do software, a Critical TechWorks desenvolve, desde 2018, em Portugal o “automóvel do futuro”.

Seja a direção autônoma, os sistemas de info-entretenimento no automóvel e a eletrificação, estas são algumas das frentes tecnológicas em desenvolvimento pela empresa. Contudo, ela atua também no melhoramento da eficácia de produção nas fábricas do grupo. Além disso, a Critical TechWorks ajuda o BMW Group no desenvolvimento de assistentes inteligentes personalizados.

O consórcio da Critical TechWorks é detido em 51% pelo BMW Group. Os restantes 49% pertencem à Critical Software, uma empresa de tecnologia com sede em Coimbra e que é liderada por Gonçalo Quadros. Até o fim de 2023, a companhia de TI pretende atingir um faturamento na ordem dos € 175 milhões de euros, 30% maior do que o que foi inicialmente previsto.

Vagas na IBM em Portugal: abertura de novo centro de inovação e tecnologia em Coimbra

Vagas de emprego em Braga: como se candidatar

Se você quer saber mais sobre as vagas de emprego em Braga, acesse o portal de carreiras da Critical TechWorks. Após fazer isso, selecione a vaga de interesse, leia todos os requisitos e, caso os cumpra, envie o seu currículo diretamente para a empresa. Boa sorte!

*Aproveite para ouvir o Podcast Partiu Morar Fora enquanto trabalha, fazendo uma caminhada, no trânsito ou na academia! Depois deixe seu feedback, vamos adorar saber sua opinião!



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *