saiba como serão as provas; edital iminente

Autor(a):



O edital do novo concurso TRF 5 (Tribunal Regional Federal da 5 Região) pode ser publicado no decorrer dos próximos dias. A seleção já conta, inclusive, com contrato assinado com a banca organizadora desde 9 de outubro. A escolhida é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O documento de contrato com a empresa adianta como serão os critérios de realização das provas.    

Como já havia sido anunciado, o concurso TRF 5 será para formar cadastro reserva de pessoal para os seguintes cargos:

  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Desenvolvimento de Sistemas de Informação
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

No caso de desenvolvimento de sistemas da informação, os interessados devem possuir habilitação em curso de desenvolvimento de software, com duração mínima de 120 horas. Para tecnologia da informação será necessário possuir curso específico na área, com duração mínima de 120 horas.

Para concorrer ao cargo de técnico é necessário possuir formação de nível superior, com remuneração inicial, atualizada, de R$ 9.052,54.

Além disso, os aprovados contam, ainda, com os seguintes benefícios:

  • Auxílio Alimentação: R$ 1.203,76;
  • Auxílio pré-escolar: R$ 951,84 (filhos até 6 anos); e
  • Assistência médica de R$ 579,39.

Também já está certo que o concurso abrangerá os seis estados que compõem o TRF 5:

  • Alagoas
  • Ceará
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Rio Grande do Norte
  • Sergipe 

Saiba como serão as provas:

De acordo com o projeto do certame, a prova objetiva contará com 60 questões, da seguinte forma:

  • conhecimentos básicos – 20 questões
  • conhecimentos específicos – 40 questões

A aplicação ocorrerá nas seguintes cidades:

  • Aracaju – SE,
  • Fortaleza – CE,
  • João Pessoa – PB,
  • Maceió  – AL,
  • Natal – RN
  • Recife – PE

Saiba como foi a última seleção

O último concurso TRF 5 ocorreu em 2017, com uma oferta de 14 vagas para preenchimento imediato, além de formar cadastro reserva de pessoal, para os cargos de técnico e analista. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas (FCC).

No caso de técnico, as oportunidades foram as seguintes:

  • técnico judiciário na área administrativa – 5 vagas e cadastro
  • administrativa – especialidade segurança e transporte – 1 vaga e cadastro
  • apoio especializado – especialidade informática – cadastro

Para analistas:

  • analista judiciário na área judiciária – 3 vagas e cadastros
  • judiciária – especialidade oficial de justiça avaliador federal – cadastro
    administrativa – cadastro
  • apoio especializado – especialidade informática/infraestrutura – 2 vagas e cadastro
  • apoio especializado – especialidade informática/desenvolvimento – cadastro
  • apoio especializado – especialidade medicina clínica geral – 2 vagas e cadastros
  • apoio especializado – contadoria – 1 vaga e cadastro

Siga o JC Concursos no Google Newsconcursosconcursos federaisconcursos 2023provas anteriores



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *