Esta é a forma mais segura e correta de descongelar carne, conforme agência dos EUA

Author:


Você certamente já deve ter cometido o erro de esquecer de tirar a carne para descongelar antes do almoço.

continua depois da publicidade

Para tentar remediar o problema, é comum pegar o pacote de carne ou frango congelado e usar água quente para acelerar o processo. Mas será isso seguro?

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar do Departamento de Agricultura dos EUA (FSIS), esse tipo de situação pode causar problemas que poucos consumidores são capazes de antecipar.

Pensando nisso, confira abaixo a forma mais segura e correta de descongelar a carne e não cometa mais nenhum erro do tipo na cozinha.

continua depois da publicidade

Como descongelar a carne de forma segura?

Todos os tipos de alimentos permanecem consumíveis por tempo indefinido dentro de um congelador. Contudo, a partir do momento em que começam a descongelar e passam dos 4ºC, as bactérias fazem sua aparição e podem começar a se multiplicar.

Seja como for, todo tipo de alimento perecível jamais deve ser descongelado sobre o balcão ou em água quente. Além disso, eles não devem ser deixados em temperatura ambiente por mais de duas horas.

continua depois da publicidade

Nesse sentido, mesmo que o centro do pacote ainda esteja congelado enquanto o resto começa a amolecer, a camada externa do item pode estar na “Zona de Perigo”.

Esse fenômeno consiste em um intervalo entre 5ºC e 60ºC onde os microrganismos se multiplicam rapidamente.

Tendo isso em mente, ao descongelar carnes, é importante planejar com antecedência e começar o processo na geladeira, onde ela permanecerá em uma temperatura segura e constante, de 4ºC ou abaixo.

 

Existem três formas seguras de fazer isso: na geladeira, em água fria e no micro-ondas. Confira cada uma abaixo.

continua depois da publicidade

1. Na geladeira

Como informado anteriormente, planejar com antecedência é ideal para descongelar carne sem precisar se preocupar com a contaminação.

Até mesmo pequenas quantidades de alimentos congelados, como carne moída ou peito de frango desossado, podem exigir quase um dia inteiro para descongelar.

Após esse procedimento, os itens devem permanecer seguros e com a mesma qualidade por mais um ou dois dias antes de cozinhar. Aqueles que não foram cozidos podem ser congelados novamente, mas pode haver perda de qualidade.

2. Em água fria

Esse método é mais rápido do que a geladeira, mas exige mais atenção. A carne deve estar em um saco plástico ou em uma embalagem à prova de vazamentos para que isso funcione.

Se o saco vazar, as bactérias no ar ou no ambiente podem ser introduzidas no alimento. Da mesma forma, o tecido da carne pode absorver água, o que resulta em uma comida aguada.

O saco deve ser submerso em água fria da torneira, trocada a cada 30 minutos. Após ser descongelado, o alimento deve ser cozido imediatamente.

3. Micro-ondas

O micro-ondas também tem uma função de descongelamento de carne, mas ela deve ser cozida imediatamente após esse procedimento.

O motivo é o fato de algumas áreas do alimento se aquecerem e cozinharem sozinhas dentro do eletrodoméstico, o que o coloca na “Zona de Perigo”.

Além disso, não é recomendado manter alimentos parcialmente cozidos. Qualquer bactéria presente pode não ter sido destruída de vez, e a temperatura alcançada será ideal para a proliferação dos microrganismos.



Source link

Leave a Reply