As raças de gatos que vivem durante mais tempo, segundo a Ciência

Author:


Desde pequenos, ouvimos que os gatos possuem sete vidas e uma incrível habilidade de sobreviver a quedas altas e impactos consideráveis.

continua depois da publicidade

Ainda que a ciência e a metafísica não tenham confirmado isso, avanços notáveis foram alcançados no entendimento de sua fisiologia nos últimos anos.

Deixando mitos de lado, um estudo recente conduzido por cientistas do Royal Veterinary College de Londres, com a colaboração de pesquisadores da Universidade Nacional Chung Hsing de Taiwan, buscou descobrir quais são as raças de gato que vivem mais. Continue lendo e veja a lista abaixo.

Como o estudo foi feito?

Para o estudo, pesquisadores examinaram registros de 7.396 gatos que faleceram de janeiro de 2019 a março de 2021 no Reino Unido, organizando as informações por idade, raça e gênero.

continua depois da publicidade

Um olhar mais detalhado nas características físicas dos gatos permitiu identificar certas variáveis que, se controladas, poderiam contribuir para a extensão da vida desses amados pets, conforme afirma o Dr. Kendy Teng, principal autor do artigo.

A investigação revelou dados valiosos sobre a influência do gênero e de fatores como castração e peso na longevidade dos gatos, confira:

Gênero

Foi constatado que, em média, as gatas vivem 1,33 anos a mais do que os gatos machos, o que pode indicar impactos hormonais ou comportamentais na sobrevivência.

continua depois da publicidade

Castração

A castração também se mostrou benéfica, com gatos esterilizados tendo uma vida mais longa, possivelmente devido à diminuição de riscos ligados a doenças reprodutivas e comportamentos arriscados, como fugas e confrontos.

Peso

Quanto ao peso, o estudo identificou uma correlação entre a variação do peso corporal em relação à média específica de cada raça e gênero e uma alteração na expectativa de vida de 0,02 anos para cada 100 gramas de diferença.

 

Isso destaca a importância de manter uma dieta balanceada e um controle de peso adequado nos gatos, a fim de prevenir obesidade ou desnutrição, que podem causar doenças crônicas e diminuir a qualidade e duração da vida.

continua depois da publicidade

Região

O levantamento também comparou a expectativa de vida desses animais em diferentes países, com destaque para o Reino Unido, Estados Unidos e Japão, que apresentam as maiores expectativas de vida para os felinos.

Nota-se que fatores como o ambiente, a qualidade do atendimento veterinário e as práticas de cuidado com os animais de estimação têm uma influência considerável na longevidade dos gatos nessas regiões.

Raças de gato que vivem mais tempo

Embora seja válido lembrar que este cálculo foi feito com base em uma amostra relativamente pequena e apenas no Reino Unido, a expectativa média de vida para cada raça de gato é a seguinte:

  • Burmês: 14,4 anos;
  • Birmanês: 14,4 anos;
  • Mestiço ou Vira-lata: 11,9 anos;
  • Siamês: 11,7 anos;
  • Persa: 10,9 anos;
  • Ragdoll: 10,3 anos;
  • Norueguês da Floresta: 10,0 anos;
  • Maine Coon: 9,7 anos;
  • Azul Russo: 9,7 anos;
  • Britânico: 9,6 anos;
  • Bengal: 8,5 anos;
  • Sphynx ou Egípcio: 6,7 anos.

A pesquisa utilizou tábuas de mortalidade para realizar uma análise detalhada sobre a expectativa de vida dos gatos, considerando diferentes idades e condições.

Essas tabelas são essenciais para entender a dinâmica da vida e morte em populações de gatos, excluindo casos de morte precoce.

O estudo oferece informações interessantes para proprietários que desejam aumentar a longevidade de seus gatos, fornecendo um panorama comparativo da expectativa de vida felina ao nível global.

Por fim, destaca-se a relevância de fatores como raça, gênero, cuidados e ambiente na saúde e bem-estar dos gatos, reforçando a importância de práticas de cuidado para melhorar a qualidade de vida dos pets.



Source link

Leave a Reply