conheça as principais vantagens do cloud computing

Autor(a):


Com a consolidação dos canais digitais no pós-pandemia e os modelos de trabalho híbrido e remoto em evidência, o investimento em computação em nuvem se torna essencial para empresas de qualquer tamanho. Simplificando, o cloud computing, como também é chamado na língua inglesa, é a capacidade de armazenar ou processar conteúdos, arquivos e programas à distância usando o acesso à Internet.

LEIA MAIS: GOOGLE DRIVE: Saiba como Armazenar seus arquivos GRÁTIS na Nuvem

Normalmente, quando se contrata um serviço do Google Cloud, Microsoft Azure ou Amazon Web Services (AWS), as três maiores empresas de nuvem, os dados são armazenados e processados em data centers localizados a quilômetros de distância, às vezes até em outro país. 

A computação em nuvem, reconhecida por sua amplitude, desempenhou um papel significativo recentemente, instigando uma notável transformação, especialmente entre 2020 e 2022. Nesse período, a prioridade pelo armazenamento externo, fora da infraestrutura local, e pela adoção do trabalho remoto ganhou destaque, influenciada por variados fatores. 

Entre eles está a facilidade de adquirir mais infraestrutura. Imagine ter que comprar servidores e storages (dois elementos de computação) para montar um data center em plena pandemia? É bem mais fácil apenas contratar um serviço através de um site, tão simples e rápido como fazer uma assinatura de streaming. 

Diante deste cenário, empresas buscaram transferir seus recursos e operações para a nuvem, possibilitando um acesso remoto e online para seus colaboradores. 

Por que usar a nuvem? 

De acordo com um levantamento realizado pela consultoria de tecnologia Gartner, a tendência de adoção dessa tecnologia permanecerá em ascensão no próximo ano, com 75% das organizações buscando implementar ferramentas para a logística de dados multicloud. Esse outro termo trata do compartilhamento de computação na nuvem que utiliza os melhores serviços de mais de um provedor para implementar uma solução. 

Computação em nuvem, uma das tendências de ERP - Reprodução Canva
Computação em nuvem, uma das tendências de tecnologia – Reprodução Canva


Você também pode gostar:

Investir em cloud computing pode acarretar benefícios significativos para as empresas, incluindo redução de custos, aumento de receita e lucratividade, maior produtividade e colaboração entre equipes, além de agilidade nos negócios. Um exemplo notável é a Petrobras, que está destinando um investimento de R$ 240 milhões em computação em nuvem ao longo de 2023, superando os R$ 172 milhões investidos no ano anterior. 

Segundo a FC Nuvem, uma divisão da FCamara especializada em serviços gerenciados de TI, cibersegurança, análise de dados e multicloud, a capacidade de armazenar e processar volumes substanciais de dados viabiliza que empresas e organizações de diversos portes desfrutem dos benefícios da tecnologia de inteligência artificial, aprendizado de máquina e análise de dados, entre outras. 

Outro benefício é a escalabilidade, que é a capacidade de aumentar o uso da computação em nuvem de acordo com a necessidade do negócio. Além disso, a adoção da nuvem proporcionou às empresas a flexibilidade de acessar aplicativos e informações de maneira ágil e remota, especialmente relevante à medida que as equipes adotam modelos de trabalho predominantemente remotos ou híbridos em tempos recentes. 

Quais os principais benefícios 

A FC Nuvem listou os quatro principais benefícios do investimento em cloud computing: 

  1. Escalabilidade

Uma das principais vantagens da nuvem é a escalabilidade, permitindo que as organizações ajustem rapidamente seus recursos conforme suas necessidades mudam. Isso é especialmente importante para empresas que experimentam picos de tráfego ou estão passando por mudanças rápidas. Durante a Black Friday, por exemplo, as lojas online precisam de maior capacidade para aguentar o tráfego de dados. 

  1. Redução de custos

Outro motivo para investir em nuvem é a economia de custos. Ao usar o armazenamento online, as empresas não precisam investir em hardware e infraestrutura caros, nem manter equipes dedicadas a gerenciar esses recursos. Em vez disso, elas pagam somente pelo que usam, resultando em significativas economias de custos a longo prazo. 

  1. Acessibilidade

A nuvem também oferece acessibilidade, permitindo que as equipes acessem aplicativos e dados de qualquer lugar e a qualquer momento, desde que haja conexão com a internet. Isso é especialmente importante para equipes que trabalham remotamente ou que precisam colaborar com colegas em diferentes locais. Além disso, também permite aos funcionários trabalhar de forma mais flexível, aumentando a produtividade. 

  1. Auxílio na jornada de inovação

Através de plataformas de nuvem, os desenvolvedores podem criar e implantar novos aplicativos e serviços normalmente, com rapidez. Hoje, os provedores oferecem alta capacidade de armazenamento, poder de computação, banco de dados e análise, além da flexibilidade, escalabilidade e confiabilidade da rede.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *