Como priorizar o pagamento das dívidas?

Autor(a):


Saber como priorizar o pagamento das dívidas é crucial para conseguir restabelecer a organização das finanças, dia após dia. Afinal, existem algumas dívidas que podem merecer uma atenção maior, enquanto outras podem ser planejadas para serem quitadas mais tarde.

Porém, quais critérios usar em cada situação? Neste texto, reunimos algumas informações que podem te ajudar nesse sentido. Acompanhe.

Como priorizar o pagamento das dívidas?

Apesar de não existir um método infalível de como priorizar o pagamento das dívidas, existem alguns passos que podem te ajudar a entender o que pode ser melhor para você neste momento. Afinal, cada família possui a sua realidade financeira, e o planejamento financeiro deve ser com base nessa realidade. A seguir, apresentamos algumas considerações que podem ajudar:

1. Identifique as dívidas com juros altos

Normalmente, uma boa forma de priorizar o pagamento das dívidas é escolhendo pagar aquelas que têm juros mais altos. Os motivos são óbvios: essas dívidas, com o passar do tempo, podem ficar cada vez mais caras e a dificuldade para pagá-las pode ser ainda maior.

Embora, enquanto você prioriza o pagamento dessas dívidas, as outras continuem crescendo, o crescimento das outras não será tão significativo quanto seria das dívidas com muitos juros.

Portanto, analise o contrato dos seus empréstimos ou de outros tipos de dívidas que você possa ter no momento, e verifique quais têm sido as cobranças de juros em cada caso.

Uma dica: normalmente, os juros dos cartões de crédito costumam ser os mais elevados. Por isso, tente priorizar esse tipo de dívida, para reduzir os custos com pagamentos.


Você também pode gostar:

Como priorizar o pagamento das dívidas?
Como priorizar o pagamento das dívidas? Foto: Canva.

2. Garanta as necessidades básicas da sua família

As necessidades básicas da sua família devem ser uma prioridade constante. Portanto, você pode reservar uma parte do seu salário para suprir essas necessidades e, com o restante, distribuir para o pagamento das suas dívidas.

Assim, fica mais fácil priorizar as contas que serão pagas, pois você já saberá quais tem mais juros e quais podem ser pagas agora, sem comprometer a saúde e 0 bem-estar da sua família.

3. Crie uma ordem de pagamentos, considerando juros

Depois que você analisar todas as dívidas e considerar os juros como um requisito para priorizar os pagamentos, crie um planejamento para os pagamentos. É o caso de criar um verdadeiro cronograma para ir quitando as dívidas, calculando quanto precisará, cada mês e cada ano, para ir quitando cada uma das dívidas.

4. Estude a possibilidade de pagar mais dívidas ou valores mais altos

Um ponto que você pode colocar em prática na hora de priorizar o pagamento das dívidas é escolher se irá pagar muitas dívidas pequenas ou as dívidas maiores.

Algumas pessoas podem se sentir mais motivadas quando conseguem ir quitando várias dívidas ao longo do mês, enquanto outras podem preferir “se livrar” de dívidas maiores.

Você deve analisar, sem deixar de lado os juros, o que funciona melhor para o seu caso. E lembre-se, um especialista no assunto pode te ajudar nesses casos.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *