A energia solar ascende no Centro-Oeste: um farol para investidores

Autor(a):


Radiação Solar
Foto: solarprime.com.br/

ANEEL destaca Brasília como polo em energia solar, enquanto o Centro-Oeste brilha na liderança de radiação solar.

São Paulo, outubro de 2023 – O Centro-Oeste do Brasil se apresenta como um território fértil para o futuro da energia solar. A região não só se beneficia de índices impressionantes de radiação solar, mas também possui vastidão de áreas aptas para o desdobramento de usinas e sistemas fotovoltaicos. O Atlas Brasileiro de Energia Solar informa que a radiação média anual no Centro-Oeste oscila entre 5,2 e 6,5 kWh/m², superando a média brasileira de 5,4 kWh/m². Esse cenário propiciou um crescimento de 60% em instalações fotovoltaicas de 2021 a 2022.

Dominando o panorama energético solar nacional

Artigos recomendados

Na perspectiva de geração distribuída, o Centro-Oeste se firma na quarta posição nacional, gerando uma robusta marca de 3,6 GW, o que corresponde a 15% da capacidade total brasileira. Mato Grosso, com seu expressivo 1,3 GW, lidera dentro da região. Logo após, temos Goiás (1 GW), Mato Grosso do Sul (887 MW) e o Distrito Federal, este último ostentando 289 MW, tornando-se o segundo maior produtor solar entre os municípios brasileiros. Notavelmente, a maior parcela dos sistemas instalados é voltada ao consumo residencial e comercial.

Túlio Fonseca, CEO da Energy Brasil – renomada no segmento de eficiência energética – vê o crescimento regional como resultado de uma harmonia de fatores: clima favorável, geografia, economia pujante e políticas alinhadas. “Enxergamos um futuro ainda mais luminoso para a energia solar no Centro-Oeste. É uma fonte renovável, limpa e vantajosa, tanto para o bolso dos consumidores quanto para a economia do país”, destaca.

Incentivos governamentais e aliança com o agronegócio

2023 foi um marco para o setor solar brasileiro. O Governo Federal lançou o “Programa Mais Energia Solar”, que propõe cortes em impostos como o IPI e o Imposto de Importação para equipamentos e componentes voltados à energia solar. Adicionalmente, o programa garante financiamentos com taxas mais amigáveis e prazos estendidos para iniciativas de geração.

Tarcísio Fonseca, Diretor de Operações da Energy Brasil, reforça a simbiose entre energia solar e o colosso do agronegócio brasileiro. “O agronegócio, que já tem grande relevância no PIB nacional, pode potencializar ainda mais seus resultados ao conquistar autonomia na geração de energia. A energia solar é uma resposta econômica, limpa e sustentável que impulsiona o progresso do país.”

A visão é corroborada pelo CEO da Energy Brasil: “Os produtores rurais podem, com a energia solar, reduzir gastos, elevar produtividade e ainda contribuir com o meio ambiente. Nosso compromisso é oferecer soluções sob medida, assegurando a eficácia dos projetos e retorno sobre o investimento”.

Sobre a Energy Brasil:

Fundada em 2019, a Energy Brasil se destaca como um ícone brasileiro no universo da energia solar. Concentrando-se no desenvolvimento, construção, operação e gestão de projetos verdes, a empresa já registra mais de 160 MWp em energia gerada e redução de mais de 90 mil toneladas em emissão de CO2. Com mais de 10 mil projetos realizados, a Energy Brasil diversificou sua oferta no mercado, solidificando-se como um ecossistema abrangente em soluções energéticas para os segmentos B2C e B2B.

Fonte: Gustavo Brito – Dezoito Comunicação.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc….. Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *